Vegetais congelados garantem variedade no dia-a-dia

Praticidade dos pacotes tem estimulado o mercado brasileiro que este mês ganhou novo concorrente com a linha Veg&Tal, da Sadia.

Vegetais congelados garantem variedade no dia-a-dia

Sem problemas de clima, o Brasil saboreia legumes frescos o ano inteiro. Entretanto, a correria urbana tem estimulado o crescimento do mercado de vegetais congelados. Incluir na lista de compras vegetais congelados pode garantir variedade nas refeições do dia-a-dia daqueles que não têm tempo ou dos que querem simplificar a rotina. Os congelados não são melhores nem piores que os frescos, dizem os especialistas. Apenas são produtos diferentes.

Desde que respeitados os métodos recomendados de congelamento industrial, uma couve-flor congelada pode conter os mesmos nutrientes da comprada fresca. Estudo da Chester University, realizado há quase uma década, já demonstrava que em alguns casos os congelados podem preservar até mais nutrientes do que os frescos.

A comparação considera que os frescos têm um tempo de vida útil curto, são perecíveis e requerem cuidados quando se compra e quando se guarda em casa. Geralmente, vegetais escolhidos para congelamento tendem a ser processados no pico de maturação e são cultivados em áreas não muito distantes da fábrica. De maneira, que os muitos nutrientes não são afetados durante o deslocamento de um lado para o outro.

Porém, se quiser uma salada crua, melhor optar pelos frescos. Os congelados perdem textura, sendo recomendado utilizar em preparos que envolvem refogados ou assados.

SADIA ESTREIA NO MERCADO DE VEGETAIS CONGELADOS

A oferta de marcas de vegetais congelados vem crescendo ano a ano no Brasil. O mais novo concorrente a disputar o mercado é a Sadia, dentro da linha Veg&Tal. São quatro opções tradicionais: couve-flor, brócolis, ervilha e mix de 3 vegetais (cenoura, brocólis e couve-flor). Os novos produtos são comercializados em embalagens de 300 gramas e 1,05 kg.

Brócolis, ervilhas, cenouras, vagens, couve-flor e milho são os principais alimentos encontrados congelados. O mercado interno ensaia diversificação com aspargos, fundo de alcachofras, champignons e até tomates. Mix mais elaborados, além da cenoura, batata e ervilha, também ampliaram as linhas de muitas marcas, mas que avançam devagar nas prateleiras dos supermercados.