Como escolher berinjela

Versátil, pode ser consumida em diferentes pratos como frita, ao forno, com molho branco, recheada, em saladas

Ela faz parte da mesma família do pimentão, do jiló e do tomate, mas a berinjela ainda é pouco consumida no Brasil em comparação com outros mercados que aproveitam a versatilidade para o preparo de diversos pratos, quentes ou frios. Para ajudar você a escolher bem na hora da compra desse fruto rico em cálcio, ferro e fósforo, o MeuCardápio compartilha dicas do hotsite 50 hortaliças na web mantido pela Embrapa.

Originados da China e da Índia, esses frutos podem ter casca de tom vinho-escuro, quase preto, branco ou rajado. Seja qual for a variedade, são produtos delicados, que amassam facilmente, devem ser manuseados com cuidado, não devem ser apertados e nem jogados na banca. Prefira os que apresentam a casca brilhante, com cor uniforme e lisa, sem machas ou amassados. O cálice deve estar bem verde e brilhante.

A berinjela japonesa é a que apresenta os frutos mais compridos e finos. Precisa ser colhida no tempo certo. Os frutos novos demais murcham mais rapidamente e se colhidos após o ponto ideal ficam sem brilho e com sabor amargo, por causa das sementes que escurecem.

A do tipo italiana (rajada) tem a polpa adocicada e é quase sem sementes, explica a Embrapa. Também tem as babies ou minis, para serem usadas em conservas.

FIQUE ATENTO
Especialistas dão uma dica preciosa: cheque o peso. Quanto mais pesada, menos sementes.

Como ao cortar as berinjelas ficam escuras rapidamente, coloque os pedaços em água com sal, ou numa peneira e cubra com sal. Só tem que lembrar de tirar o sal, seja lavando ou passando papel toalha. Isso ajuda também a tirar o amargor mais acentuado.

Mantidas fora da geladeira, as berinjelas duram usualmente dois dias, a partir daí começam a murchar.

Podem durar até duas semanas, se mantidas na parte mais baixa da geladeira, em um saco plástico, que pode ser furado com um garfo para evitar a formação de bolhas de água. É importante que o fruto seja mantido com o cabinho (pedúnculo) até o consumo.

Se for cozinhar no vapor, salpique sal antes.

Para congelar, lave e corte a berinjela em fatias ou em cubos de 1 centímetro. Depois coloque em água fervente por entre 2 e 4 minutos, ou então no vapor por 3 minutos. Caso prefira, pode colocar no micro-ondas por 4 minutos. Depois de qualquer um desses processos, mergulhe a berinjela em água com cubos de gelo por 8 minutos. Escorra, seque com um papel absorvente e coloque no congelador em uma vasilha aberta. Depois de congelado, guarde em um saco plástico tirando todo o ar com uma bombinha de vácuo. Dessa forma ela dura até 8 meses no congelador. Na hora de descongelar use água fervente com sal. Se for fritar, basta deixar descongelar em temperatura ambiente.