Infofeira : mexerica para sobremesa

Toda semana o MeuCardápio acompanha o sobe-e-desce dos preços de frutas, legumes e verduras, na Ceagesp; confira o que vale a pena colocar na sacola e sugestões de como usar

Depois de algumas semanas na lista dos ingredientes mais caros, chegou a época da mexerica cravo e da poncam. Também conhecida por tangerina, bergamota e outros tantos nomes, a fruta que não dá para comer escondido pelo perfume gostoso que exala tem maior oferta entre os meses de março e junho, ensina a Ceagesp. Como a laranja, é rica em vitamina C. Contém ainda minerais como cálcio, ferro, sódio, fósforo, potássio e magnésio, além do fato de ser saborosa.

Durante muito tempo, o hábito no Brasil era descascar a mexerica e comer. Mais recentemente a fruta serve de ingrediente para sobremesas, pratos salgados e drinques. Suco de tangerina com manjericão ou alecrim saiu do reduto natureba para refrescar outras paragens. Os mais animados usam para fazer bebidas do tipo batidinha com vodca ou pinga, acrescentando ao suco da tangerina (ou ela amassada) invencionices como pimenta rosa, gengibre ou canela.

De sobremesa, pode entrar em bolos e pudins ou na salada de frutas. Em pratos salgados, o sabor cítrico pode compor saladas e molhos para acompanhar carnes ou peixes. Relatório da Ceagesp aponta que só de tangerina cravo a central de abastecimento de São Paulo vendeu 4.760 toneladas no ano passado. Essa variedade da fruta é cultivada em cidades como Limeira, Vista Alegre do Alto, Monte Alto, Casa Branca, Conchal e Cosmorama.

A fim de contribuir com o planejamento das compras semanais de frutas, legumes e verduras, a equipe do MeuCardápio acompanha o sobe-e-desce do custo dos produtos in natura comercializados no atacado e que, portanto, vão refletir nos preços praticados em feiras, quitandas, sacolões e supermercados logo em seguida. Para isso, o portal consulta a pesquisa semanal realizada pela Ceagesp, a Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo, a maior do país.

Confira o que está com preços em baixa para a próxima semana, e vale a pena comprar

Veja os produtos que ficaram mais caros. Substituí-los pode representar alguma economia