‘Costela de milho’ é a nova comida viral

Espiga assada ou frita na air fryer e temperada como costelinha de porco foi para o top trends nas redes sociais com vídeos no Youtube e TikTok.

‘Costela de milho’ é a nova comida viral

O assunto ‘costela de milho’ está circulando pela internet desde, pelo menos, 2018. Mas não ganhou fama. Até que virou trend viral no mundo nos últimos dias à custa de vídeos postados no Youtube e no TikTok. São experiências caseiras de como preparar milho assado ou frito na air fryer com a bizarra aparência de uma costelinha de carne.

O prato até ganhou espaço na luxuosa Vanity Fair que deu, em outubro do ano passado, a receita do Fallow, restaurante de deslocados em Londres.

Nas redes sociais, as experiências são menos glamurosas e mostram muitos dedos oleosos para comer o milho, como acontece com as costelinhas comidas com as mãos.

Aparentemente, a receita é simples. A complicação está no corte da espiga de milho porque é uma tarefa perigosa. Para garantir o formato de ‘costela’, a espiga precisa ser cortada em quatro no sentido do comprimento. É que, sob o calor, os pedaços ficam arqueados.

CUIDADO AO CORTAR A ESPIGA

Não dá para deitar a espiga na tábua e cortar porque isso amassaria os grãos e outros tantos ficariam pelo caminho.

O jeito é colocar a espiga em pé e com uma faca afiada cortar pela metade e, em seguida, cortar de novo cada pedaço pela metade.

Para garantir apoio, a dica é cortar as extremidades da espiga para deixar a base reta.

Outra dica encontrada nos vídeos é colocar a espiga alguns minutos no micro-ondas para amolecer um pouco, como se faz com a abóbora, de modo a facilitar o corte.

Depois do sufoco para cortar, as receitas repetem os temperos geralmente associados às costelinhas de carne – páprica, pimenta, sal, alguma gordura (azeite, óleo ou maionese).

Coloca no forno ou na air fryer até que o milho fique crocante. Algo que varia em torno dos 10 minutos.

Resta saber por que alguém teria todo esse trabalho para cortar, simplesmente para comer ‘costela de milho’. Mas, é de gosto.