Nestlé vai ampliar produção de cápsulas de café

Empresa anunciou investimentos de R$ 200 milhões na fábrica da Nescafé Dolce Gusto em Minas Gerais, única do grupo fora da Europa

A Nestlé informou que vai investir R$ 200 milhões para dobrar a capacidade de produção das cápsulas da marca Nescafé Dolce Gusto. O portfólio da empresa conta com 13 variedades entre cafés (Espresso, Espresso Intenso, Barista e Matinal) e outras bebidas (Capuccino, Café au lait, Choccocino, Nescau, Cortado, Latte Macchiatto, Vanilla Latte Macchiatto, Mocha e Chai). A fábrica da Dolce Gusto está instalada em Montes Claros, no norte de Minas Gerais.

A unidade iniciou operações há dois anos e já alcançou a mesma eficiência produtiva das unidades europeias da Nescafé Dolce Gusto, informou a Nestlé. É atualmente uma das três maiores e a única da empresa fora da Europa. Além do Brasil, a produção de Montes Claros atende também os mercados da Argentina, Paraguai e Uruguai.

De acordo com a Nestlé, a unidade é também a primeira da empresa em todo o mundo a receber a certificação de Impacto Ambiental Neutro para água, resíduos e emissões de carbono. O certificado foi emitido pela Intertek Group, informou a companhia, acrescentando que as duas novas linhas a serem instaladas também iniciam produção dentro desses padrões.

Para dobrar o volume produzido na unidade mineira serão contratados 80 funcionários. Atualmente são cerca de 100, diz a Nestlé.

GALERIA DE FOTOS 
 

previous arrow
next arrow
Slider