Mudança nos rótulos de embalagens de alimentos divide opiniões

Idec e indústria defendem rotulagens diferentes para informar consumidores sobre composição nutricional dos produtos

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) está avaliando formas de padronizar os rótulos das embalagens de alimentos de forma a deixar mais claras as informações nutricionais e chamando atenção do consumidor para essas referências. E a questão está dividindo opiniões. O Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor) defende o uso de triângulos no rótulo frontal para advertir os compradores, destacando com o símbolo informações como quantidade de açúcar, sódio, gorduras. Já a indústria prefere utilizar as cores verde, amarelo e vermelho para ressaltar a quantidade desses insumos no produto.

O Idec divulgou uma pesquisa na qual demonstra que o triângulo chama mais a atenção. Realizada em parceria com o Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Universidade de São Paulo e com a Universidade Federal do Paraná, a pesquisa foi feita online com 1,6 mil participantes entre os meses de agosto e outubro. Os participantes foram questionados sobre quais produtos apresentaram nutrientes acima do recomendado para uma alimentação saudável e o número de acertos foi de 75,7% para as embalagens com advertência em formato de triângulo, e de 35,4% para as embalagens com o modelo de semáforo. De acordo com o Idec, a pesquisa mostrou ainda que o semáforo não afeta a percepção do consumidor sobre a qualidade do produto.

No início do mês, a indústria apresentou pesquisa realizada pelo Ibope Inteligência que demonstrou que 67% dos entrevistados preferem o semáforo nutricional, ante 31% que escolheram o modelo de advertência. E que o Semáforo Nutricional Quantitativo é considerado mais claro para 65% dos entrevistados. Foram entrevistadas 2 mil pessoas de 142 municípios para as pesquisas quantitativas.

As opções estão sendo analisadas por um grupo de trabalho criado em 2014 para oferecer soluções quanto a informações nutricionais nas embalagens, que concluiu que o formato atual é de difícil compreensão. A expectativa é que a mudança ocorra no próximo ano.

VOCÊ PODE GOSTAR DE LER TAMBÉM
.: ANVISA AVALIA USAR CORES NOS RÓTULOS

.: RÓTULOS TERÃO QUE INDICAR PRESENÇA DE LACTOSE

.: FIQUE DE OLHO NOS RÓTULOS