Cuidados para preparar refeição segura

Não há evidência até o momento de que a covid-19 seja transmitida pelos alimentos, mas, aproveite o período na cozinha para assumir novos hábitos

Até o momento, a comunidade científica não encontrou evidência de que a covid-19 seja transmitida pelos alimentos. A afirmação consta de material publicado pela Organização Mundial da Saúde. De qualquer forma, não custa incorporar hábitos e cuidados para preparar refeição segura. A recomendação vale para os experientes e para aqueles que se aventuram pela cozinha durante a quarentena de prevenção à doença. E permanece mesmo quando a pandemia acabar.

A agência de saúde do Reino Unido também enfatiza o baixo risco de contaminação por alimentos e embalagens. E destaca que o coronavírus não resiste ao calor do cozimento. Portanto, o cuidado tem que ser redobrado com alimentos crus, como as vegetais e folhas. Portano, lave bem, em água corrente, os produtos frescos para a judar a remover qualquer contaminação na superfície. Verduras, tomates e frutas com casca, como maçã e pera, podem ser deixadas de molho em solução de água e cândida (água sanitária).

Geralmente, a proporção é de uma colher de sopa para cada litro de água. Porém, nem todos os produtos de água sanitária podem ser usados nessa desinfecção. Observe o rótulo, ali o próprio fabricante indica os usos e as proporções corretas.

Um cuidado especial para refeição segura é o de não lavar carnes cruas. Isso mesmo, leu corretamente. Não é para lavar bifes de carne de boi ou vaca, nem de frango, porque evita a contaminação dentro da cozinha.

Outra providência para quem está começando é ter tábua de corte para diferentes alimentos. Deixe uma só para carnes e outra para alimentos diversos. A higiene da tábua de corte de carnes tem que ser bem rigorosa.

O QUE FAZER E O QUE NÃO FAZER NA COZINHA

É importante lavar as mãos com água e sabão, pelo menos 20 segundos, antes, durante e depois de preparar a comida.

Quem tem cabelos longos, o melhor é prender para evitar que fios não façam parte do preparo da refeição.

A seguir, confira as dicas reunidas pela FDA (Food and Drug Administration), dos Estados Unidos, para ficar atento no preparo. A tradução foi feita pela equipe do MeuCardápio.

Quadro de preparação segura de carnes