Conheça as frigideiras mais adequadas para cada prato

Utensílios antes considerados simples vão se sofisticando para atender a demanda do consumidor, que está cozinhando mais em casa

A cozinha ganha cada vez mais espaço na casa com o crescente hábito de reunir a família e os amigos em volta da mesa. Para acompanhar essa tendência, o desenvolvimento e lançamento de utensílios é frequente, com uma oferta maior e mais específica de itens para facilitar o preparo dos pratos.

Um dos produtos que já oferece opções diversas é a tradicional frigideira. Confira alguns modelos e as orientações da Tramontina para cada uso.

Tradicionais: Se o objetivo for cozinhar sem óleo, opte pelo revestimento interno antiaderente. Mas se quiser obter crosta dourada no alimento grelhado, as melhores opções são as frigideiras em aço inox, cerâmica, alumínio e os modelos de ferro, que provocam maior atrito entre o alimento e a panela.

Omeleteira: Com uma frigideira tampando a outra, os ovos crescem sem que seja necessário usar fermento e fica mais fácil virar. Com revestimento antiaderente, pode fazer sem usar óleo, afirma o fabricante.

Bistequeira: De formato quadrado, permite que os pedaços de carne sejam distribuídos igualmente. Uma dica: reserve uma metade da frigideira para saltear legumes enquanto é prepara a carne.

Wok: Utilizada para o preparo de pratos orientais, como o yakissoba ou o pad thai. Por conta do formato arredondado, distribui o calor por igual. Pode fritar carnes e legumes em óleo, já que tem profundidade para isso, ou cozinhar os ingredientes, se a tampa for usada.

Paellera: Destina ao preparo da paella, prato espanhol que combina arroz com carne de ave, legumes e frutos do mar. Pode ser usada também para fazer massas e carnes.

Para saltear: Tem curvatura, com uma parte mais alta, facilitando manter os alimentos dentro do recipiente enquanto sacode a panela. Para os menos treinados em saltear, ajuda a não sujar tanto o fogão.

GALERIA DE FOTOS

previous arrow
next arrow
Slider