Seleção de Idioma

Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2020

NOTÍCIAS

Rita Karam - 07/02/2018

Guloseimas da Docile vão para o exterior

Pastilhas, balas de goma, balas de gelatina e refresco são alguns dos produtos enviados para mais de 50 países

A fabricante gaúcha de guloseimas Docile Alimentos está avançando no mercado internacional. No ano passado, elevou em 40% as vendas feitas fora do Brasil, e as projeções para 2018 são para um novo aumento, de 35%. Nessa tarefa deve contar com o aval de uma nova certificação de segurança alimentar, a FSSC 22000. Criada em 1991, os primeiros embarques da Docile para além das fronteiras ocorreram em 1998, para a Venezuela. Hoje coloca os produtos em cerca de 50 países.

A nova certificação mira principalmente os mercados mais maduros como Estados Unidos e Europa, informa o gerente de exportação da empresa, Cristian Ahlert. “A certificação é uma necessidade, pois confirma que estamos seguindo padrões internacionais de qualidade e isso abre as portas para novas negociações”, diz o executivo, acrescentando que esse tipo de acreditação está virando requisito para acesso em alguns países como o Equador, em cujo mercado só entrou após ter a certificação confirmada.

“Na América do Sul apenas 5% das empresas contam com a FSSC 22000, ou seja, o selo nos coloca em um grupo seleto de companhias que têm esse compromisso com qualidade, melhoria de processos e segurança. É com certeza um diferencial”, afirma Ahlert.

Atualmente, os mercados mais importantes da empresa fora do Brasil estão na América do Sul, como Uruguai, Paraguai, Argentina e Peru, mas a Europa e a comunidade árabe também têm participação expressiva. Esses mercados respondem por 65% de tudo que é exportado. E as vendas para o exterior são responsáveis por 20% de tudo que é produzido nas fábricas da empresa.

Entre os produtos mais exportados estão pastilhas, balas de goma, balas de gelatina, marshmallows, chicles e refresco em pó.

A principal estratégia para abrir portas no mercado externo foi a participação em feiras internacionais. Só no ano passado, a Docile marcou presença em oito desses eventos. Este ano, pela primeira vez, participou com estande próprio da ISM, uma das mais importantes feiras do setor, realizada em janeiro, na Alemanha.

AUMENTO DE PRODUÇÃO E LANÇAMENTOS
A Docile mantém duas fábricas. A sede fica em Lajeado (RS) e teve sua capacidade de distribuição e estoque ampliada em 40%, conta agora com 134 mil metros quadrados. A outra unidade fica em Vitória de Santo Antão (PE). As opções de produtos também foram ampliadas principalmente com marshmallows e balas de gelatina.

São produzidos cerca de 2,2 milhões de quilos de guloseimas todo mês, distribuídos dentro de um portfólio de 200 produtos em seis categorias: balas de goma, pastilhas, chicles, balas de gelatina, marshmallows e refrescos em pó.

Entre os novos itens do portfólio estão doces como o Gelatines Dentes de Vampiros Cítricos, sabor framboesa; o Gelatines Tênis Cítricos, nos sabores limão, framboesa, abacaxi e morango, sendo que as balas vêm com cobertura azedinha e formato de tênis; o Gelatines Pezinho & Pezão Cítricos, com cobertura azedinha em versão banana, tutti-frutti, morango e tangerina; o Gelatines Pedaços de Melancia Cítricos que são balas em formato de minifatias de melancia com sabor da fruta e um toque cítrico; e o Gelatines Anéis Cítricos Sortidos, com pêssego, morango e maçã verde. Todos esses produtos têm preço sugerido no varejo de R$ 2,99 para embalagens com 80 gramas.

Há Dociles também incluiu novidades na linha Festas, com o Gelatines Framboesa Azul (balas sabor framboesa e cobertura de miçangas azuis) e o Gelatines Festa/Framboesa Rosa (balas com sabor tutti-frutti e cobertura de miçangas rosas). Para as duas opções, o preço sugerido é de R$ 5,99, para o pacote com 250g.

GALERIA DE FOTOS

Ampliar
  • Foto 1
  • Foto 2
  • Foto 3