Azul é a cor de 2020 até para comida

Pantone anunciou que o Classic Blue será a tonalidade do ano, com o mirtilo encabeçando a lista que inclui até uma espécie de lagosta.

Azul é a cor do ano segundo a Pantone, foto mostra uma lagosta azul.

Todos os anos desde 2011, a Pantone elege a cor do ano. Em 2020, será o classic blue, um tom de azul mais para o escuro, que lembra o tecido denim, da calça jeans. O anúncio da cor do ano pauta as coleções de moda, de roupas a carros, passando por maquiagem a esmaltes, incluindo eletrodomésticos. Mas o anúncio desta semana da Pantone surpreendeu porque estendeu a cor do ano para alimentos – comidas e bebidas.

O instituto que é uma autoridade internacional em padrões de cores explicou que incluiu os dois novos segmentos porque alimentos azuis são ricos em antocianina, com grande poder antioxidante. Essa é uma substância considerada um pigmento natural por dar cor a frutas, flores e folhas. Na verdade, a partir do vermelho sua cor pode variar desde uma tonalidade alaranjada, passando pelo azul e chegando ao roxo 

Aliás, é difícil encontrar alimentos azuis. Há muitos que se aproximam como o mirtilo e o blue cheese, queijo que lembra o gorgonzola, com fungos que com boa vontade pode pensar em azul.

CURIOSIDADES

Por isso, a equipe do MeuCardápio resolveu pesquisar e encontrou algumas curiosidades:

A rara lagosta azul. Reportagem da BBC explica que as lagostas azuis brilhantes assumem esse tom por causa de uma anormalidade genética que as leva a produzir mais uma determinada proteína do que outras.

Lingcod azul. É uma espécie de bacalhau que geralmente tem tons brancos. De acordo com reportagem do portal de notícias americano NPR, citando Milton Love, biólogo da Universidade da Califórnia, diz que se trata de um peixe raro. E que a cor azul dele estaria associada a um pigmento biliar chamado biliverdina. Para fazer bonito na mesa, tem que deixar o peixe cru em exposição. Porque segundo Tom Worthington, um dos donos do Monterey Fish Market, em San Francisco, também ouvido na reportagem, ele perde a cor azul quando vai para a panela.

Blue marble tree. Árvore de floreta que dá um fruto azul, que dá para comer, apenas quando maduro. Na Índia, o povo usa o fruto para fazer rosários e botões.

Cogumelo azul, também chamado de indigo milk cap mushroom. A cor deriva do pigmento azuleno. É comestível, de sabor ligeiramente ácido, ensina o site MushroomExpert. É encontrado mais facilmente nos Estados Unidos, no México e na Guatemala.

Licor blue curaçao. A bebida original é à base de laranja e assim como o Cointreau, transparente. O azul é artificial, vem do uso de corante.

GALERIA DE FOTOS

créditos: foto 1, Irish Post; foto 2, Outdoorhub e foto 3, Inaturalist Australia. 

 
previous arrow
next arrow
Slider