Seleção de Idioma

Quinta-feira, 12 de Dezembro de 2019

DICAS

Jussara Maturo - 15/10/2019

Tempo de cozimento: milho verde

Varia muito, com indicações que vão de 10 minutos na pressão a 5 minutos em água fervente, a espiga inteira, a menos tempo com os grãos debulhados.

Difícil achar quem não goste de comer milho cozido. Com sal, direto na espiga, tem em qualquer praia brasileira. Para os mais certinhos, tem a versão debulhada, no pote, para comer  com colher. A dúvida recorrente é quanto tempo leva para cozinhar. Vai depender da qualidade do milho, se é mais novo ou velho. Para o milho não tem receita exata. É por aproximação. E tem ainda questão a ser considerada de que se passar do tempo, em vez de macio, o milho acaba ficando duro. O MC reuniu algumas opções de preparo quando for usar a espiga inteira:

.: Na pressão: depende do tamanho da panela e da espiga. Mas no tamanho mais tradicional dá para colocar três até quatro espigas (se forem menores). Coloque água até a metade da espiga, suficiente para nadar, mas não mergulhar. Deixe no fogo até a panela começa a soltar vapor pela válvula de escape. Baixe o fogo e deixe cozinhar por 10 minutos. Desligue e deixe a  panela soltar a pressão sozinha. Esse tempo faz parte do cozimento.

.: Alguns aconselham a colocar uma colher de sopa de açúcar na água do cozimento para acentuar o sabor doce do milho. Depois de cozido, não escorre a água. Acrescente uma colher de sopa de sal e deixe esquentando mais um pouco para o sal penetrar.

.: Panela comum 1: tem que ser bem grande, se for fazer mais de cinco espigas por vez. Isso porque nesse caso tem que cobrir de água. Leva em torno de 1 hora. Um pouco mais ou um pouco menos dependendo da qualidade do milho. Quando se aproximar desse tempo, a recomendação é experimentar. Se ficar muito cozinhando, o grão fica duro, e não macio como se deseja. Daí não tem jeito. Se acontecer, a opção será ralar e fazer um creme, um bolo ou outra receita do tipo.

.: Panela comum 2: amantes do milho, os americanos são os mais práticos. Recomendam usar uma panela grande do tipo caldeirão e encher de água. Se quiser tirar o milho já salgado, tem que colocar sal na água. Muito sal. Pense na água do mar. É assim. Quando ferver coloque as espigas na água. Uma de cada vez. E use a pinça de cozinha, para não se queimar. De 5 a 7 minutos é o suficiente.

.: Pode fazer o mesmo procedimento, colocando o sal depois de pronto.

.: Se não tiver panelão, use o que tiver. E vai fazendo de uma em uma ou duas por vez.

CONSERVAÇÃO

.: Fresco e fora da geladeira, o milho dura um dia. Refrigerado, dura, no máximo, três dias, e desde que colocado dentro de um saco plástico para manter a umidade dos grãos.

CONGELAMENTO

.: A espiga de milho cozida dura até cinco dias na geladeira. Dá para congelar a espiga inteira depois de cozida. Mas não é muito recomendado porque ocupa espaço no freezer, caso forem muitas. A opção é debulhar, com as costas da faca e guardar os grãos em sacos plásticos com fechamento ziplock.

.: Nada indica que não se possa congelar o milho ralado e cozido ou ralado cru. Pode haver uma alteração de textura dependendo das condições de armazenamento no freezer. Na dúvida, tente uma porção pequena; Sempre guardando em plástico limpo e com fechamento hermético.