Picolé de cerveja chega ao mercado

Produto que não leva leite na preparação é aposta de duas empresas brasileiras para o Carnaval 2020



Duas empresas pernambucanas firmaram parceria para produzir picolé de cerveja. O produto chega ao mercado a partir desta semana, 9 de janeiro, de acordo com informações divulgadas pela sorveteria FriSabor e pela cervejaria Ekäut, ambas de Recife. A iniciativa é aposta para refrescar o calor do Carnaval 2020. Será vendido nas lojas da sorveteria, todas em Pernambuco, e na loja da cervejaria, com preço de varejo de R$ 7.

De acordo com declaração das empresas à Folha de S.Paulo, só maiores de 18 anos poderão comprar o picolé de cerveja. O sabor é de uma American IPA (India Pale Ale), cerveja à base de puro malte e alta fermentação. A versão tradicional da Ekäut apresenta teor alcoólico de 6,5%, enquanto o picolé tem 3,5%.

A preparação não leva leite, nem qualquer outro ingrediente de origem animal. Para não mascarar o sabor, explicou à Ekäut. Embora a principal aposta seja o período de Carnaval, as duas empresas avaliam que têm mercado o ano inteiro em função da temperatura quente do nordeste do país. Só no Carnaval, a expectativa é vender 30 mil unidades do picolé de cerveja.

SKOL LANÇOU SORVETE DE CERVEJA EM POTE NO CARNAVAL 2013

No Brasil, a Skol lançou no Carnaval de 2013 sua versão de sorvete de cerveja em pote, na versão em massa, produzido pela sorveteria Rochinha. O pote pequeno de 150 ml foi vendido apenas em supermercados selecionados nas cidades de São Paulo e Rio. E o fabricante não repetiu a dose.

RECEITAS DE SORVETE ALCOÓLICO

Na internet não faltam receitas de sorvete alcoólico tendo cerveja como base. A maioria leva algum tipo de gordura como creme de leite, além de açúcar e ovos (geralmente, apenas as gemas).

Para quem não se arrisca na cozinha, uma opção mais interessante é tentar ‘harmonizações’. Coloca uma bola de sorvete no fundo do copo e enche de cerveja. Então, é só ir provando as diferentes combinações de sabor de sorvete e tipo de cerveja até chegar à mistura preferida.