Seleção de Idioma

Sábado, 16 de Fevereiro de 2019

MC EXPLICA

Rita Karam - 08/06/2017

Posso congelar alimentos nas bandejas coloridas de isopor?

Embalagens são os melhores recipientes para guardar os produtos, afirma especialista do Ital, Eloísa Elena Corrêa Garcia.

O processo de fabricação é um pouco diferente, mas a matéria-prima com a qual são feitas as bandejas muito usadas nos supermercados para embalar carnes e frios é a mesma do produto conhecido como ‘isopor’, marca comercial. E tudo bem manter os alimentos nessas bandejas, hoje com diferentes cores, e mesmo guardá-los no congelador? Sim, não há migração do corante para o alimento, porque os pigmentos utilizados seguem regras de qualidade e pureza da Anvisa; inclusive o congelamento inibe o movimento molecular, que é o que faz a migração acontecer, esclarece a engenheira de alimentos especialista em embalagens plásticas e pesquisadora do Centro de Tecnologia de Embalagem (Cetea) do Instituto de Tecnologia de Alimentos (Ital), Eloísa Elena Corrêa Garcia.



Também não há problemas de uso para temperaturas mais altas, uma vez que são testados para essa finalidade, e se aprovados para alta temperatura não são necessários testes para congelamento. E elas podem ser reutilizadas? Bem, não foram feitas para isso. Usualmente a indústria informa quando as embalagens podem ser reutilizadas. Os fabricantes de sorvete, por exemplo, já sabem da reutilização dos potes e utilizam embalagens adequadas. Mas vale o bom senso. Muitas vezes uma boa higienização permite novo uso, mas embalagens muito manchadas ou que absorveram gordura devem ser descartadas, diz Eloísa. No caso dessas bandejas, em local para reciclagem de plásticos.

MANTER NA EMBALAGEM
A pesquisadora explica que, de forma geral, seja do material que for feita, o melhor local para armazenar o produto é a própria embalagem, que foi projetada para protegê-lo. Se não há mais como fechar, a orientação é colocar um filme plástico ou mesmo outro saco plástico cobrindo a embalagem para proteger o produto, mas manter nela. Uma exceção, informa Eloísa, é o queijo minas frescal, com alta umidade, que deve ser retirado e colocado em recipiente fechado.

“A vasilha não vai proteger tanto quanto a embalagem projetada para aquela finalidade. Ela aumenta o espaço livre em volta do produto, ele resseca, pega aroma, perde características”, explica a pesquisadora.

QUANDO NÃO COMPRAR
Lata estufada, embalagem de café a vácuo frouxa, produtos em pó que vazam da embalagem, são alguns dos alertas de que a proteção não está adequada. “Se sai pó, pode estar entrando oxigênio, insetos”, alerta Elena. As embalagens cartonadas também podem sofrer danos mecânicos e perderem sua característica de proteção, em produtos congelados, por exemplo, quando molhadas e amolecidas podem indicar problemas de descongelamento.

PRAZO DE VALIDADE
É necessário lembrar que a data de validade é relativa ao período enquanto o produto não for aberto. Depois de abrir, deve-se seguir a orientação do fabricante quanto ao prazo adequado para consumo e as condições de armazenamento até lá. A pesquisadora alerta, ainda, para não esquecer no armário aquele produto que foi comprado em uma promoção pela proximidade do prazo de vencimento.