Seleção de Idioma

Sexta-feira, 29 de Maio de 2020

MC EXPLICA

V.Volke - 22/01/2017

Explicando comida sem chatice

Toda semana o especialista V.Volke abordará aspectos complexos de forma amistosa e com humor.

O que é ‘comida’? Se você procurar em um dicionário próximo ou, sendo mais realista, no motor de buscas online mais próximo, certamente encontrará algo do tipo: “aquilo que é próprio para comer”; “alimento”, entre outras definições um tanto vagas – e outras que não podemos publicar aqui. Mas, sinceramente, o que é ‘comida’?

Alguns dirão que a comida é aquilo que nós comemos para sobreviver, crescer e até nos tornar mais fortes. Outros, que são alimentos preparados com paixão por artistas dedicados e que formam uma experiência de prazer e indulgência. Há, ainda, aqueles que dirão que é apenas matéria, átomos e moléculas que serão manipulados, ingeridos, absorvidos e farão parte integrante de outros átomos e moléculas dos corpos de seres vivos. Com tantas variações assim: quem está certo? Quem tem razão?

Correndo o risco de ser um tanto anticlimático e até clichê, eu gosto de pensar que todas as respostas acima estão corretas. Sim. Todas.

Acontece que a comida, por ser algo tão comum e rotineiro nas nossas vidas, passa, relativamente, despercebida por nós. Raramente paramos para pensar o quão complexa é a comida que comemos: ao mesmo tempo em que é formada por átomos e moléculas que seguem as leis do nosso Universo como quaisquer outros, essa comida também será transformada para trazer prazer (ou não) e ser uma experiência de aromas, sabores e visuais para o felizardo (ou azarado) que a comer. E, além de tudo isso, ainda irá reagir com o corpo daquela pessoa, trazendo efeitos positivos (ou negativos) para a sua saúde.

Minha cara leitora, meu caro leitor, não se martirize se você quase nunca pára e contempla a infinidade de facetas das comidas que come todos os dias. Isso é, possivelmente, algo bom. Afinal, se parássemos a cada refeição para contemplar seus mínimos detalhes, acredito que os jantares demorariam um tempo substancialmente maior para ficarem prontos... Porém, nas raras ocasiões em que paramos para nos perguntar sobre aquilo que vamos colocar dentro de nossas bocas, quem nunca se perguntou “por que um ovo fica duro quando cozido?”; ou “por que uma lagosta cozida vai de marrom-azulado a vermelho-alaranjado?”; ou “por que a maionese é tão complicada?”; ou até “se eu congelar leite, e depois ralar, farei leite em pó?

Quem nunca se perguntou essas ou outras questões sobre comida enquanto estava na cozinha preparando o jantar, ou comendo em um restaurante, ou deitado na cama olhando para o teto às 3:00 AM, que atire a primeira pedra.

Para aqueles que ainda não atiraram pedras contra as telas dos computadores, tablets e celulares – e que eu espero que sejam TODAS e TODOS vocês – excelente! É para responder a essas e a todas as outras perguntas possíveis sobre comida que existe esta seção do MeuCardápio – MC Explica.

A nossa idéia é responder a todas essas perguntas sobre comida com informações corretas e de fontes confiáveis para satisfazer a sua ‘fome de conhecimento’ (e de trocadilhos com comida também). Mas não se preocupe: felizmente, isto não é um livro-texto de Ciências. Nem perto disso. Esta seção do MeuCardápio é apenas uma conversa amigável, uma fonte de respostas simples sobre comida e que é perfeitamente acessível a qualquer pessoa que deseje ler.

Porém não pensem que eu me esqueci de vocês, vocês que gostam de colocar a mão na massa na Ciência. Não, não. É para todas e todos vocês que existem as MC Boxes: pensem nelas como caixinhas de conhecimento, onde serão aprofundados alguns conceitos dos artigos. Assim, aqueles que têm um apetite mais voraz podem se deliciar nas MC Boxes enquanto aqueles que preferem apenas o prato principal podem simplesmente pular essas caixas e ir direto para a sobremesa.

Seja como for, minha cara leitora, meu caro leitor, a mesa está posta para nós e ‘isto’ foi apenas o aperitivo.

Bon appetit!